Cardiopatia Congênita do Adulto

A Cardiopatia Congênita é um termo genérico utilizado para descrever alterações do coração e dos grandes vasos, presentes antes do nascimento.

Essas alterações ocorrem enquanto o feto está se desenvolvendo no útero e pode afetar cerca de 8 em cada 1000 crianças nascidas vivas.

Devido ao diagnóstico pré-natal das cardiopatias importantes, programação do local adequado de nascimento, melhores cuidados neonatais e progresso importantes nas técnicas cirúrgicas, possibilitaram maior sobrevivência destas crianças. Por com seguinte, estas crianças estão se tornando adultos, e na dependência da cardiopatia original, podem apresentar lesões residuais específicas que necessitam de cuidados específicos.

Cada cardiopatia congênita apresenta uma evolução natural. Mesmo sendo corrigida no período adequado, pode haver consequências em longo prazo.

Estes pacientes formam o grupo designado de cardiopatia congênita do adulto que tem abordagem diferente de lesões adquiridas na idade adulta.

Este grupo de paciente vem crescendo rapidamente no mundo inteiro necessitando de cuidados de especialistas.

Chame no Whatsapp